Seção de atalhos e links de acessibilidade

Seção do menu principal

História do Município

Institucional

  • Publicado em 30/06/2022
  • Atualizado em 24/08/2023

Apiacás
Mato Grosso - MT

Histórico

A denominação Apiacás, no plural, é de origem geográfica, em referência ao rio Apiacás e à serra dos Apiacás. Por convenção de antropólogos, ao se grafar nome de tribo ou nação indígena, nunca se usa o termo no plural, e sim no singular.
A denominação dada ao núcleo de origem do atual município de Apiacás, além da serra e do rio, também homenageia o povo indígena apiaká, de fala do tronco linguístico tupi, atualmente estabelecido na área indígena apiaká-kayabi, aldeia mairobi, no município de Juara. O povo apiaká aprecia a pintura corporal, notadamente a facial.
O território do povo indígena apiaká limitava-se com os povos munduruku, kayaby e rikbatsa. Por ser uma região extremamente bela, de recursos naturais infinitos, era muito disputada por estes povos.
Em 07 de julho de 1891, no auge da economia da borracha, o governador coronel João Nepomuceno de Medeiros Mallet criou no território do atual município uma agência de arrecadação fiscal.
A história da economia seringueira declinou. A colonização efetiva de Apiacás deu-se através da INDECO, empresa de Ariosto da Riva.
Em 06 de julho de 1988, pela lei estadual nº 5.322, foi criado o município com a denominação de Apiacás.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Apiacás, pela lei estadual nº 4978, de 30-04-1986, subordinado ao município de Alta Floresta.
Em divisão territorial datada de 1988, o distrito de Apiacás figura no município de Alta Floresta.
Elevado à categoria de município com a denominação de Apiacás, pela lei estadual 5322, de 03-07-1988, desmembrado do município de Alta Floresta. Sede no atual distrito de Apiacás, (ex-povoado). Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1989.
Em divisão territorial datada de 1995, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

 

Fonte

Confederação Nacional de Municípios

Privacidade